Você é do tipo que não dispensa um salto alto?


Você é do tipo que não dispensa um salto alto, que não se incomoda em ter seus dedos espremidos em um bico fino, afinal vale tudo para ficar bonita?

Outro dia me senti um ser de outro mundo ao ver a cara de espanto de minha amiga consultora de moda, quando falei que não usava determinado sapato porque doía meu pé. Foi então que me dei conta de que mesmo nos dias atuais, bem depois da era do espartilho, muitas mulheres ignoram certos sinais do corpo para ficarem bonitas.

Não podemos negar que os saltos deixam as pernas lindas e que chamam muito a atenção (inclusive a masculina), principalmente se combinados com uma bela saia.

Também não pretendo aqui levantar uma bandeira “abaixo o salto alto”. Porém me sinto na obrigação de alertá-las quanto a alguns aspectos negativos deste hábito.

Diversas pesquisas já foram feitas e apontaram alguns malefícios em longo prazo pelo uso contínuo de saltos altos. Além do cansaço, calosidades, dores nos pés, pernas e joelhos, os bicos muito apertados favorecem a formação da joanete e os saltos muito altos podem prejudicar sua coluna.

Faça um teste agora: tire seus sapatos e fique de pé. Feche seus olhos e repare de que maneira o peso de seu corpo está distribuído. Em seguida, ainda de olhos fechados, tente colocar metade do peso na parte da frente e metade na parte de trás dos pés, mantendo o dedão apoiado no chão e o peso do calcanhar distribuído igualmente.

Como você se sentiu? Perdeu o equilíbrio? Sentiu que tinha muito mais peso na frente do que atrás? Ou será que você já não consegue ficar descalça porque seu pé dói muito e até seu chinelinho tem salto?

Será que não está na hora de colocar um pouco de equilíbrio em sua vida?

Pense nisso:

ESCUTE SEU CORPO: a dor é um sinal de alerta e, portanto se está doendo é porque alguma coisa não vai bem.

SEJA FLEXÍVEL EM SUAS ESCOLHAS: analise qual a sua atividade naquele dia. Se vai caminhar muito ou ficar muito tempo em pé, escolha calçados que dão mais firmeza e mais conforto. Não use o mesmo calçado todos os dias.

SE VOCÊ SE PREOCUPA TANTO COM SEU VISUAL, PORQUE NÃO SE PREOCUPA COM SEU CORPO? Se você chegou a conclusão que o uso do salto é inevitável, faça alguma coisa para compensar os excessos. Vale levar um calçado confortável na bolsa para a hora de ir para casa, fazer alongamentos dos músculos da panturrilha, massagear a planta do pé com uma bolinha de tênis.

DÊ UMA BOA SUSTENTAÇÃO PARA O SEU CORPO:  assim como uma casa precisa de uma boa estrutura para que permaneça em pé, o seu corpo também precisa de uma boa base para manter-se equilibrado. Seus joelhos, coluna e cabeça precisam ajustar-se para que você fique de pé sobre os saltos. Fazer este esforço todos os dias pode gerar tensões muito grandes em seus músculos, que podem acarretar muitas dores.

Procurar um especialista pode ser mais barato do que você imagina e evitar maiores gastos e desconfortos no futuro. Certamente você conseguirá encontrar um calçado bonito e que não faça mal a sua saúde.

Texto: Karina Santaella

Anúncios

Uma resposta para “Você é do tipo que não dispensa um salto alto?

  1. Pingback: Tweets that mention Você é do tipo que não dispensa um salto alto? | fisiostudio -- Topsy.com·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s