A importância da orientação…

É muito comum escutarmos as pessoas se queixando a respeito de problemas crônicos e da dificuldade em livrar-se deles.

Por outro lado, quando o problema é com outra pessoa, a solução perece ser mais simples e todo mundo tem uma opinião a respeito, sabe de uma receita, conhece um remédio ou uma fórmula milagrosa.

Isso pode resolver quando o sintoma é uma dor de cabeça simples, e então tomar um analgésico que temos em casa costuma surtir efeito. O nosso único trabalho é tomar o medicamento.

No caso das doenças crônicas, a tal receita vai além da medicação. Ou seja, o remédio que devemos providenciar não se encontra em qualquer farmácia. São necessárias mudanças de hábitos, ajustes nas atividades diárias e algumas adaptações. Significa sair do automático e prestar atenção em si mesmo.

É neste momento que muitos tratamentos se interrompem e escutamos os pacientes falarem que não deu certo e que vão buscar outro profissional.

Por que será que fazemos isto?

Simples, porque dá trabalho. Ainda aguardamos uma pílula milagrosa que nos faça perder peso sem fazer dieta. Depositamos no outro a responsabilidade de nossa mudança. É mais cômodo esperar uma solução vinda do outro do que mexer no que não anda bem.

As razões pelas quais não conseguimos seguir as sugestões dos profissionais de saúde são muitas e cabe a cada um refletir a respeito disso. No entanto não podemos mais deixar de lado a nossa responsabilidade em cuidar de nossa saúde.

Todos sabem que devemos dormir o suficiente, praticar atividade física, escolher o que vamos comer e finalmente encontrar o equilíbrio entre todas estas orientações.

Tais orientações são extremamente importantes e devem fazer parte do seu programa de tratamento. Portanto “conversar” com seu fisioterapeuta a respeito das suas atividades não é uma perda de tempo e nem de dinheiro.

Quando um problema é identificado, o paciente tem a expectativa da cura, e no caso das doenças crônicas ele deve ser informado sobre a limitação do tratamento.

Saber que não há cura não significa que não há tratamento. E conhecer este fato, pode ser difícil no começo, mas é fundamental para que o indivíduo possa se responsabilizar por suas escolhas futuras.

Para estas situações, nós fisioterapeutas, lançamos mão de algumas técnicas específicas.

O primeiro passo é verificar o nível de conhecimento que o paciente tem sobre a doença. Em tempos de Google, o mais importante na verdade é verificar a veracidade das informações que o paciente buscou na internet e esclarecer suas dúvidas. Devemos lembrar que a medicina não se trata de uma ciência exata e que algumas perguntas podem ainda permanecer sem resposta.

Em seguida, entramos com as técnicas de Proteção Articular e Conservação de Energia.

Proteção Articular consiste em reduzir o stress ou forças prejudiciais sobre as articulações para reduzir a dor, inflamação e prevenir deformidades. Realizamos esta proteção modificando a maneira de fazer as coisas, como por exemplo: diminuímos a carga sobre nossos discos intervertebrais se, ao abaixar para pegar um objeto no chão, dobramos nossos joelhos.

A Conservação de energia está relacionada ao planejamento das tarefas para que o gasto energético seja menor, evitando assim a fadiga e melhorando o rendimento. Fazer pausas para descansar durante o expediente se encaixa neste conceito.

Para atingir estes objetivos de proteger as articulações e conservar energia, algumas vezes são necessárias adaptações que podem ser objetos comprados prontos ou modificações feitas em objetos já existentes. Exemplos disso são engrossadores de lápis e canetas, apoios para livros, alavancas para abrir torneiras ou portas, etc.

Desta forma, observamos que as orientações, para serem eficazes, precisam se ajustar às suas necessidades. O fisioterapeuta ou o terapeuta ocupacional irá ajudá-lo a identificar os problemas e encontrar soluções para as questões do dia-a-dia que interferem nos seus sintomas de dor.

No entanto, lembre-se: cabe a você decidir quando vai começar a modificar seus hábitos.

Ft. Karina Santaella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s