Qual o peso da mochila do seu filho?

Na volta às aulas, um assunto que precisa ser analisado com bastante cuidado é qual o critério de escolha para a mochila escolar do seu filho.

As possibilidades de compra são inúmeras e o desejo dos filhos costuma determinar o modelo da mala, que nem sempre é o mais apropriado.

A melhor opção varia de acordo com a idade, a altura e o peso da criança, com a quantidade de objetos que deverá ser carregada, e também com a distância que a criança precisará percorrer com a mochila.

Basicamente temos as opções de malas com rodinhas e mochilas para serem carregadas nas costas.

Ao se observar pelos modelos expostos nas lojas, percebemos que existem muitas opções com rodinhas para crianças pequenas e poucas opções para crianças maiores e adolescentes.

A escolha acontece geralmente em função do personagem preferido ou da cor favorita, o que pode ser um erro se a mala for grande ou pesada demais.

Crianças entre 10 e 12 anos já não querem mais usar as malas com rodinhas por acharem que são infantis (na verdade elas nem querem mais ser chamadas de crianças), no entanto o peso a ser transportado aumenta nesta idade.

Algumas informações importantes devem ser consideradas antes desta escolha e até mesmo ao longo do ano para que nossos filhos consigam transportar o peso necessário sem prejudicar a saúde.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o indivíduo não deve carregar mais do que 10% de seu peso corporal. Caso contrário, suas articulações são sobrecarregadas e podem surgir dores e lesões. Ajustando os números para a faixa etária de nossos filhos, se uma criança pesa 40kg, o peso máximo a ser transportado deveria ser de 4 kg.

As mochilas com rodinhas podem reduzir esta carga já que utilizamos uma alavanca para facilitar o transporte. No entanto, como são carregadas de um lado só, pode sobrecarregar ombros e cotovelos se estiverem muito pesadas ou fazer com que a criança curve demais seu corpo para frente.

Outro aspecto é verificar se existem rampas ou se a criança vai precisar usar escadas, o que dificulta o uso deste tipo de mochilas.

Se o modelo escolhido foi o de ser carregado nas costas, além do peso da mochila, procure observar a organização do material na parte interna, deixando objetos maiores e mais pesados no fundo da mochila (parte que ficará mais próxima ao corpo).

Utilize sempre as duas alças para manter o corpo alinhado e nos dias em a mochila estiver mais pesada, retire alguns cadernos e carregue-os nas mãos para distribuir o peso. Caso haja a necessidade de caminhar por distâncias maiores, ajuste o cinto inferior ao tronco, desta forma a mochila permanecerá mais firme, facilitando seu transporte.

Verifique com a escola a possibilidade de colocar armários nas classes e oriente seu filho a deixar materiais como dicionários e estojos guardados. Estimule-o a se organizar e ensine-o a proteger suas articulações desde cedo.

A prática regular de atividades físicas evitando tempo excessivo na frente do computador e um sono adequado, também são fatores importantes que irão contribuir para a construção de um corpo saudável e livre de dores na idade adulta.

Ft. Karina Santaella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s