VOCÊ SABE O QUE É SÍNDROME DOLOROSA MIOFASCIAL?

A Síndrome Dolorosa Miofascial – SDM é caracterizada por dor muscular regional associada à presença de pontos dolorosos locais e / ou pontos-gatilho, que são pontos musculares que desencadeiam dor à distância.

Sabe aquela dor intensa que você tem após um dia intenso de trabalho, muito tempo em frente ao computado ou estresse emocional?

Aquela dor em queimação, que te limita, irrita e te faz perder noites preciosas de sono?

Pois é, pode ser dor miofascial.

E como saber?

Bom, o diagnóstico é feito por um médico especialista, por meio de um criterioso exame clínico, já que a SDM não apresenta alterações radiográficas ou em exames laboratoriais.

Esta síndrome acomete uma grande parcela da população, sendo uma das maiores causas de dor musculoesqueléticas e afastamento no trabalho.

As dores acontecem principalmente na região cervical, escapular e lombar e podem ser bi ou unilaterais. Ocorrem no ventre muscular, no tecido conjuntivo ou na fáscia muscular.

Geralmente a pessoa sente uma dor forte, localizada, constante, lancinante que piora com a palpação (dígito pressão) do ponto doloroso. Esta palpação também pode desencadear dor irradiada à distância, mas uma irradiação não neurogênica, ou seja, sem relação com o nervo.

Acomete mais adultos jovens com idade entre 30 e 60 anos e tem uma maior incidência entre mulheres, numa proporção de três para um.

A SDM é relacionada com tensão muscular e seus sintomas mais frequentemente referidos são fraqueza muscular, dor e restrição ao movimento.

Sua causa é desconhecida, mas a maioria dos casos apresenta um fator desencadeante geralmente mecânico.

O tratamento inicial é medicamentoso: com analgésicos e anti-inflamatórios. A infiltração local de anestésicos nos pontos-gatilho tem se mostrado muito válida.

Outros recursos como a Acupuntura, o Shiatsu, o Rolfing e a Reflexologia também têm sua importância.

Na FISIOTERAPIA dispomos de alguns recursos físicos como: eletroestimulação, ultra-som, gelo ou aerosol congelante, bolsa térmica, bandagem funcional etc. Além, é claro, da terapia manual, dos trabalhos em cadeias musculares (RPG, por exemplo), da educação ao paciente, da hidroterapia, da cinesioterapia (que é a reabilitação por meio do movimento, com seus alongamentos, fortalecimentos graduais e mobilizações).

Se este for o seu caso, fique tranquilo que muito se pode fazer por você.

Perceba-se.

Ft. Ana Paula Pessanha

Anúncios

3 Respostas para “VOCÊ SABE O QUE É SÍNDROME DOLOROSA MIOFASCIAL?

  1. Olá Ana, tambem sou Fisioterapeuta sofro com dor Miofascial. Você teria alguem para me indicar, ando com muita muita dor! No aguardo , att Marcela

    • Olá Marcela, tudo bem?
      Pelo que entendi você quer uma indicação de médico, certo?
      A especialidade que melhor trata e diagnostica esta doença é a reumatologia.
      Conheço alguns muito bons e aí seguem seus nomes e telefones de contato:
      Dr. Jamil Natour – 5082-2455
      Dr. Fabio Jennings – 5571-8558
      Dra. Rita Furtado – 5571-8558
      Mas você pode procurar também na Sociedade Brasileira de Reumatologia http://www.reumatologia.com.br
      Boa sorte!
      Abraços, Ft. Ana Paula Pessanha

  2. Pingback: Tensão Muscular | fisiostudio·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s