Falta muito para as Férias?

Faltam pouco mais de dois meses para o final do ano.  O vestibular, as provas finais se aproximam e os inúmeros trabalhos da universidade se acumulam.

O cansaço já toma conta dos estudantes, e junto com ele, muitas vezes estão as dores no corpo, dores de cabeça, insônia, irritação.

Esses sintomas já seriam suficientes para que se reduzisse a carga de atividades, no entanto, o momento é crucial: estudar mais significa a aprovação sem recuperação, boas notas e a admissão na tão sonhada Universidade.

Portanto, o momento exige esforço e dedicação, mas sem perder o equilíbrio.

Este equilíbrio será fundamental para o sucesso. Os desconfortos físicos geralmente sinalizam que este equilíbrio não foi respeitado.

Algumas dicas podem ajudá-los nesta etapa:

1) Organize seu tempo: faça uma lista das atividades da semana, marque as prioridades e distribua no tempo disponível. Faça um horário de atividades, incluindo intervalos curtos de 5 minutos para beber água e caminhar um pouco e outros um pouco mais longos, de 15 minutos a meia hora para fazer um lanche e tomar banho, por exemplo.

2) Mantenha uma rotina e respeite suas horas de sono: se você tiver disciplina para seguir um horário, certamente terá um bom rendimento. Esse rendimento, no entanto, tende a cair a medida que o cansaço chega. Um erro comum entre os estudantes é reduzir o tempo reservado para o sono e o uso de estimulantes como café e energéticos para ficar acordado. Durante o sono ocorrem vários processos metabólicos importantes, que, se alterados, podem afetar o equilíbrio de todo o organismo a curto, médio e, mesmo, ao longo prazo. Estudos provam que quem dorme menos, comete mais erros do que pessoas com 0,8g de álcool no sangue e têm uma redução do metabolismo nas regiões frontais do cérebro e cerebelo, responsáveis pela capacidade de planejar e executar tarefas e pela coordenação motora.  Além disso, quem dorme menos do que o necessário tem menor vigor físico, envelhece mais precocemente, está mais propenso a infecções, à obesidade, à hipertensão e ao diabetes.

3) Sente-se corretamente: uma boa postura também pode melhorar o aproveitamento do trabalho. O mau posicionamento pode acarretar dores nas costas, nos ombros, nos punhos e também dores de cabeça. Evite ler deitado na cama e usar o computador no colo. Hoje em dia, com o uso de tablets e smartphones, deve-se redobrar a atenção com a postura, já que as horas acesso à internet aumentaram muito. O ideal é sentar-se sobre os ísquios (ossos palpáveis na região da nádega, logo ao final da coxa) para que a coluna vertebral possa preservar suas curvaturas fisiológicas. A cadeira deve ter apoio para o meio das costas e os antebraços devem estar apoiados sobre a mesa para evitar excesso de tensão nos ombros.

4) Evite distrações: existem muitas distrações, que tendem a roubar o nosso tempo e dessa forma comprometer nosso trabalho. O acesso contínuo a internet é uma conquista fantástica dos tempos atuais, no entanto, vale a pena avaliar se o tempo conectado ao facebook ou vendo vídeos e conversando nos chats, não está atrapalhando sua programação e cronograma de estudos.

5) Tenha momentos de lazer: incluir atividades prazerosas no dia-a-dia é fundamental. Elas irão ajudá-lo a relaxar e diminuir a ansiedade. Isso não significa que você deve deixar de estudar para a prova ou deixar de entregar um trabalho importante para ir a uma festa ou ao cinema. Se você se organizar terá tempo para fazer o trabalho e se divertir.

6) Não assuma mais responsabilidades do que pode dar conta: o excesso de atividades ou a falta de tempo para realizá-las normalmente está relacionado a duas situações. A primeira é a falta de planejamento ou de disciplina, distribuindo inadequadamente as atividades ao longo do dia, ocupando mais com distrações do que com o trabalho, resultando num tempo insuficiente para o cumprimento das tarefas. A segunda situação está relacionada com a dificuldade de dizer não e aceitar mais compromissos do que é capaz de cumprir. Neste momento será importante fazer escolhas e avaliar as prioridades.

7) Faça exercícios: manter a prática do seu esporte ou atividade física irá ajudá-lo bastante neste momento. O corpo precisa de equilíbrio e é a atividade física, a boa alimentação e o sono adequado que irão restaurar suas energias. Músculos flexíveis e bem condicionados irão mantê-lo longe das dores e com mais disposição. Além da prática esportiva, fazer alguns movimentos pode aliviar o cansaço durante o dia de estudos. Faça pausas para ficar em pé, fazer movimentos circulares com os ombros e com os punhos, girar a cabeça de um lado para outro e espreguiçar-se. Repita isso sempre que seu corpo sinalizar com um pequeno desconforto nos ombros, nos braços e nas costas.

Nunca deixem de prestar atenção ao seu corpo e às suas necessidades. Os cuidados com a saúde devem ser constantes e mudanças de hábito feitas na juventude irão contribuir para a realização de sonhos e para o amadurecimento e envelhecimento saudável.

Perceba-se!

Ft. Karina Santaella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s