Dia da Gestante: 15 de agosto

gestanteNesta semana, dia 15 de agosto comemora-se o dia da Gestante.

A gestação em geral é uma fase maravilhosa na vida da mulher, a realização de uma sonho.

Sem dúvida nenhuma é um período de expectativa e ansiedade, com muitas coisas boas, mas também com alguns desconfortos e dores.

Diferente do acontecia no passado, a mulher grávida tende a manter suas atividades normalmente, dirige, trabalha, cuida da casa e dos outros filhos.

Por outro lado, são oferecidas muitas alternativas terapêuticas para tornar este período mais agradável e principalmente para minimizar os efeitos físicos e estéticos do pós-parto.

Do ponto de vista físico, além do ganho de peso, ocorre a alteração do centro de gravidade do corpo, que interfere no equilíbrio e no alinhamento corporal.

A ação de hormônios próprios da gestação deixam as articulações mais frouxas e flexíveis. Apesar de isso ser necessário para o momento do parto, pode trazer algumas consequências como dores nas articulações do quadril, facilidade em torcer os tornozelos e maior chance de sobrecarga na coluna vertebral e punhos.

O Pilates vem sendo recomendado (e com razão) como uma excelente atividade para esta fase da vida, tanto para a gestação como para o pós-parto.

No entanto, são necessários alguns cuidados para que esta ótima atividade não seja prejudicial.

Mais uma vez estamos falando da importância de uma avaliação individualizada. Uma aula teste, precedida de de uma entrevista para que o profissional possa identificar a condição física da gestante, fatores de risco e cuidados necessários durante a execução dos exercícios é fundamental.

Mesmo as gestantes ativas, que já praticam atividade física,devem conversar com o seu médico antes de iniciar a prática de Pilates, ou caso já pratiquem devem também conversar a respeito e discutir os benefícios e riscos.

Os riscos estão ligados à condição individual de cada gestante e por isso deve haver o cuidado. Algumas gestantes são são liberadas para atividade física após o primeiro trimestre da gravidez.  Caso seja liberada antes deste período, o profissional deve ser informado para escolher o melhor repertório de exercícios para este momento.

Esta escolha não será igual para todas as mulheres, podendo variar em intensidade e complexidade dependendo da aptidão física prévia de cada uma.

Porém os exercícios irão ao longo dos meses fortalecer músculos importantes tanto para o momento do parto como para o pós-parto. A melhora da consciência corporal irá prevenir dores e minimizar o risco de lesões.  No caso das dores estarem presentes, alguns exercícios podem aliviá-las ao alongar músculos tensos e reorganizar a postura.

Para uma gravidez feliz e segura a gestante deve ser atenta e escolher bons profissionais além de respeitar o tempo de mudanças e de recuperação de seu corpo.

Perceba-se!

Ft. Karina Santaella

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s