Xtend Barre, o que é isso? Você já ouviu falar nisso?

xtend barreO Xtend Barre é uma nova modalidade de exercício que se propõe a unir os benefícios do Pilates aos do balé. Foi criado em 2006 por Andrea Rogers nos EUA. Utiliza movimentos de barra do balé e movimentos de Pilates, com uso de acessórios comumente usado pelo método, como: faixas elásticas, círculos flexíveis, bolas, rolos, halteres etc.

O que a diferencia da aula de Pilates de solo (Mat Pilates) é que é realizada em uma sala composta por barras, espelhos e música típica de aulas de aeróbica, comportando um número maior de praticantes por aula.

Esta modalidade se propõe a promover alongamento dos músculos, melhora postural, flexibilidade, força assim como o método Pilates, mas acrescido de condicionamento físico, proporcionado pelo balé.

Mas será que isso acontece mesmo?

Os instrutores do Xtend Barre dizem que sim, pois as aulas são fluidas, seguindo o ritmo das músicas agitadas, o que faz com que tenha maior queima de gordura e promova o emagrecimento.

Você deve estar se perguntando, mas onde entra o balé nesta modalidade?

Bom, segundo o que dizem, a base do Xtend não é o balé clássico, com suas músicas instrumentais, suas técnicas, coreografias e estórias contadas por meio do movimento. A base vem da dança. Funciona como um resgate às aulas de aeróbica de antigamente, mas associando os princípios do Pilates, que já se provou muito eficiente.

Vale lembrar que em seu primeiro estúdio, Joseph Pilates teve um enorme contato com bailarinos de Nova Iorque e que sua técnica promoveu um grande benefício aos bailarinos, que deixaram de se lesionar com tanta frequência. Mas cada modalidade continuava com suas particularidades. O Pilates utilizando seus exercícios de solo e em aparelhos para melhorar o equilíbrio muscular, com ganho de força, alongamento e organização postural, mas sem uso de música, pois ele acreditava que ela podia interferir na concentração, distraindo a mente durante a execução dos movimentos. Já o balé contava com coreografias, música, estória, arte, movimentos fluidos, leveza etc.

Depois de sua morte, muitos bailarinos formados deram continuidade ao seu trabalho, divulgando ainda mais seus benefícios. Hoje existem bailarinos, educadores físicos e fisioterapeutas trabalhando como instrutores de Pilates, mas mesmo com uma base de formação tão diferente, a técnica aplicada é a mesma. Princípios, aparelhos, gestos etc.

Já o Xtend Barre não, ela mistura as duas modalidades e se torna uma terceira. Surge por uma necessidade das academias de diversificar as atividades oferecidas numa velocidade muito alta para não perder alunos e fala em Pilates que é uma técnica conceituada neste mercado.

Para ser um instrutor de Xtend é necessário ter um curso básico de Mat Pilates, mas nada é exigido com relação à formação em balé, basta uma formação de 3 dias, geralmente aos fins de semana. Portanto, fique atento. Nem todos os instrutores têm conhecimento da dança e você pode acabar não fazendo nem o Pilates nem aula de balé.

Uma amiga foi a uma aula experimental e foi isso que ela percebeu. Ela foi bailarina a vida toda e já praticou Pilates em outros estúdios, mas quando foi fazer uma aula de Xtend Barre, teve a impressão de não estar fazendo nem uma coisa nem outra.

De qualquer forma, o mais importante é você saber com quem está fazendo suas atividades físicas, pois se bem feitas os benefícios à saúde aparecerão, mas se mal feitas, lesão na certa! Isso vale para todas as modalidades de exercícios.

Perceba-se!

Ft. Ana Paula Pessanha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s