E você, está respirando bem?

ImagemNo texto da semana passada a FisioStudio falou da relação da respiração com a postura, de como as emoções estão intimamente ligadas à ela e de como é importante uma respiração ampla, que utilize toda a tridimensionalidade da caixa torácica para uma melhor oxigenação das células e uma postura mais harmônica e adequada.

Portanto, esta semana resolvemos trazer alguns exercícios que nos permitam melhorar a nossa percepção respiratória e trabalhar a mobilidade torácica, especialmente da parte posterior e latero-inferior do gradil costal, que geralmente são pouco estimuladas.

Mas antes, vamos descobrir como é sua respiração, se pela barriga, pelo tórax ou mista?

Tire a camisa, fique em frente a um espelho que te permita visualizar o tronco como um todo e inspire tranquilamente, enquanto observa para onde vai o ar.

Se a expansão for maior na parte anterossuperior do tronco, sua respiração é preferencialmente torácica. Se expandir mais a barriga, ela é mais abdominal. Agora, se você nota movimento em toda a extensão torácica, você apresenta uma respiração mista.

Geralmente as mulheres apresentam uma respiração torácica, elevando mais a parte superior do tronco, enquanto entre homens, a respiração mais comum é a abdominal. A respiração mista também é comum entre as pessoas mais calmas ou menos ansiosas.

E como dito no texto anterior: “do ponto de vista ventilatório, não há diferença entre elas, ou seja, qualquer uma é capaz de cumprir o papel de oxigenação e eliminação de gás carbono”.

Uma vez percebido a sua preferência respiratória, que tal exercitarmos nossa respiração?

Vamos lá?

  1. Deitado de costas, com a coluna apoiada confortavelmente, pernas flexionadas e pés apoiados no chão, cruze os braços a frente do corpo e coloque as mãos na região latero-inferior da caixa torácica, sempre com a mão oposta. Inspire pelo nariz de maneira vigorosa e perceba se as costelas se expandem empurrando as mãos para longe. Suas mãos NÃO devem fazer pressão sobre as costelas, apenas servirão para melhorar a sua percepção. Repita algumas vezes, e sempre que possível, para melhorar sua  percepção e amplitude inspiratória.
  2. Sentado em um banco ou cadeira, com os pés bem apoiados no chão, tronco flexionado completamente à frente até os peitos tocarem as coxas, braços entrelaçados às pernas e cabeça relaxada. Inspire profundamente pelo nariz e perceba se o ar consegue expandir a parte posterior do gradil costal. Evite que seus ombros se elevem em direção às orelhas, mantendo o pescoço alongado e relaxado. Esta posição estimula a expansão da parte posterior das costelas, que geralmente não são estimuladas durante uma inspiração normal. Repita sempre que possível, para melhorar a sua expansão torácica e sua percepção.
  3. Sentado em um banco, com tronco livre, porém alongado e ereto, em frente ao espelho, coloque uma mão no peito e a outra na barriga. Inspire profundamente, ora tentando levar o ar somente para a mão superior, ora para a inferior e ora para ambas. Este exercício permitirá que você trabalhe sua amplitude inspiratória de maneiras diferentes, aumentando sua capacidade de oxigenação e melhorando sua consciência postural. Faça este exercício sempre que possível.

1.  Imagem  2.Imagem  3.Imagem

Inspire, expire! Perceba-se!

Ft. Ana Paula Pessanha

Crefito-3/16.358-F

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s