Dia Mundial de Combate ao AVC

Dia 29 de outubro foi o dia escolhido para se conscientizar a população a respeito do Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Também chamado de Acidente Vascular Encefálico e popularmente conhecido como Derrame Cerebral, essa condição médica pode levar à morte ou incapacitação.

É de extrema importância conhecermos os seus sintomas e fatores de risco, uma vez que o socorro imediato pode salvar vidas e a mudança de hábitos pode reduzir drasticamente as chances de um acidente vascular.

Um acidente vascular cerebral ocorre quando uma artéria no cérebro fica bloqueada (acidente vascular isquêmico) ou se rompe (acidente vascular hemorrágico) e a área do cérebro irrigada por essa artéria fica comprometida pela perda de circulação local. Desta forma, os sintomas e sequelas irão variar de acordo com o local acometido (área motora, área da fala, da memória, etc.) e a extensão da lesão.

Mas será que você está preparado para reconhecer os sinais de que você ou alguém do seu convívio podem estar sofrendo um AVC?

Os principais sinais de alerta são:

– Fraqueza ou formigamento na face, braço ou perna, especialmente em um lado do corpo

– Confusão mental

– Alteração da fala ou compreensão

– Alteração na visão (em um ou ambos os olhos)

– Alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar

-Dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente

DIANTE DE QUALQUER UM DESTES SINTOMAS, É IMPRESCINDÍVEL A AVALIAÇÃO IMEDIATA DE UM MÉDICO. CASO VOCÊ NÃO CONSIGA LEVAR O INDIVÍDUO ACOMETIDO AO HOSPITAL, VOCÊ DEVE ACIONAR O SERVIÇO DE ATENDIMENTO MÉDICO DE URGÊNCIA: SAMU (192) OU BOMBEIROS (193).

Quanto mais rápido o atendimento, maiores as chances de sobrevivência e de recuperação total.

Em caso de sequelas os profissionais de reabilitação como fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos terão um papel muito importante na reeducação do movimento, da fala e na reintegração ao convívio social e de trabalho dessas pessoas.

As causas do AVC podem ser diversas, associadas a doenças vasculares e do coração. Algumas podem ser de origem congênita ou desenvolvidas por fatores hereditários, mas outras são adquiridas e podem ser evitadas com um estilo de vida saudável.

As orientações para evitarmos a ocorrência de um AVC são:

– Não fumar;

– Não consumir álcool;

– Não fazer uso de drogas ilícitas;

– Manter alimentação saudável;

– Manter o peso ideal;

– Beber bastante água;

– Praticar atividades físicas regularmente;

– Manter a pressão arterial sob controle;

– Manter a glicose sob controle.

Portanto, não apenas nesse dia 29, mas regularmente, reflita sobre seus hábitos de saúde. Perceba-se!

 

Karina Santaella da Fonseca Lopes de Sousa

Fisioterapeuta – CREFITO-3/17051-F

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s